Em nota, Comando Sindical Docente reafirma rejeição pública à LGU

 em Boletins

Após reunião em Cascavel, no último dia 28, o Comando Sindical Docente (CSD), constituído pelas seções sindicais
Sindiprol/Aduel, Sesduem, Adunioeste, Sinduepg, Adunicentro e Sindunespar, publicou uma nota na qual reafirma a rejeição pública à Lei Geral das Universidades (LGU).

Na nota, o CSD destaca que cinco dos sete Conselhos Universitários das Universidades Estaduais do Paraná indicam, após intensos estudos e debates sobre o impacto da minuta, que devem ser respeitadas a legislação nacional, a estadual e os regimentos e estatutos das próprias universidades. Por isso, em respeito à posição da comunidade universitária do Paraná, a proposta deve ser arquivada.

Nota completa:

Postagens Recentes
Comentários
pingbacks / trackbacks
  • […] É importante ressaltar que, apesar de mudanças em quantitativos e alterações na forma de escrita, composição da minuta ou cálculo de quantitativos, não há como defender um ataque que fere de morte a autonomia universitária, como é o caso da Lei Geral das Universidades. Também nunca é demais ressaltar que a resposta das comunidades acadêmicas e da maioria dos Consel…. […]

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar