GREVE DE PROFESSORES DA UEL COMEÇA NA QUINTA-FEIRA

 em Destaque

Os professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) aprovaram hoje (09 de fevereiro), durante assembleia, indicativo de greve a partir de quinta-feira. Participaram da votação cerca de 230 professores.

A paralisação por tempo indeterminado é uma reação contra o pacote de medidas do Governo do Estado que recorta direitos dos servidores públicos do Paraná e ataca a autonomia das Universidades. Uma nova assembleia será realizada na quinta-feira para deflagrar a greve e cumprir prazos legais.

UNESPAR-Apucarana e UENP encaminham decisões sobre paralisação ainda hoje. A assembleia na UNESPAR-Apucarana realiza assembleia hoje às 17h30 e a UENP faz reunião às 19h30, em Jacarezinho.

Nossas reivindicações são:

– RETIRADA IMEDIATA DO PACOTE DE MEDIDAS DO GOVERNO QUE ATACA DIREITOS DOS SERVIDORES;

– PAGAMENTO IMEDIATO DO TERÇO CONSTITUCIONAL DE FÉRIAS DEVIDO;

– Contra o projeto de autonomia financeira proposta pelo governo para as Universidades Estaduais;

– Implementação do incremento do incentivo por titulação já acordado com o governo;

– Retomada imediata dos repasses devidos às Universidades;

– Contratação imediata de todos os docentes aprovados por concurso público;

 

Professores interessados em acompanhar a votação do pacote do governo na Assembléia Legislativa, em Curitiba, nesta terça-feira (10 de fevereiro) devem entrar em contato com o Sindiprol/Aduel pelo e-mail sindicato@sindiproladuel.org.br, até 17 horas.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar