Nota do Comando Sindical Docente

 em Boletins

 

Dentre os direitos fundamentais dos trabalhadores, o direito à aposentadoria é um dos mais importantes. Para os servidores públicos do Paraná, esse direito torna-se efetivo com o pagamento dos salários dos aposentados pela PRPrevidência. Porém, não bastasse o assalto dos 6,3 bilhões de reais viabilizado pelo massacre de 29 de abril de 2015, o governo do PR e a Assembleia Legislativa estão efetuando agora um novo ataque ao nosso fundo previdenciário. Mais uma vez, no apagar das luzes do ano, o PL402/2018 prepara mais um assalto de 450 milhões de reais ao caixa do PRPrevidência. Por meio dele, elimina-se a obrigação do governo manter essa contribuição a partir de agora e, ainda, efetua-se um autoperdão das suas dívidas correlacionadas aos 11% da parcela dos inativos (aposentados e pensionistas).

Esses frequentes assaltos não afetam somente os servidores, mas a toda a população paranaense. Isso porque, ao fragilizar a PRPrevidência, o governo pressiona as contas do estado, ameaçando a própria viabilidade dos serviços públicos a médio e longo prazo.

Diante disso, o Comando Sindical Docente, reunido no dia 15/12 em Maringá, resolve preparar ações políticas e jurídicas articuladas com as outras categorias de servidores públicos do estado para combater mais esse abuso e ilegalidade governamental.

Unidos somos mais fortes!

    

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar