Nota em apoio à luta do movimento estudantil da UEL

 em Boletins

Em assembleia, estudantes da UEL deliberaram por uma paralisação de dois dias – 26 (quarta) e 27/10 (quinta). Essa paralisação é uma reação aos cortes no orçamento da educação que tem ocorrido nos últimos anos, contra a LGU e em favor de aumento de subsídios para políticas de permanência estudantil, bem como uma reação às forças políticas de matiz fascista que ascenderam e ocuparam espaços e instituições públicas.

Reconhecendo a justeza de suas reivindicações, o Sindiprol/Aduel se solidariza com as e os estudantes e solicita a colaboração das e dos docentes nessa luta.

Saudações sindicais,

Diretoria do Sindiprol/Aduel

(Curta e compartilhe a nota no Facebook, no Instagram e no Twitter do Sindiprol/Aduel)

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar