Governo prevê UEM no META-4 já em julho de 2013

 em Boletins, Destaque 1

O governo quer colocar todas as universidades no sistema META-4, como forma de resolver o suposto déficit orçamentário que estaria ameaçando inclusive a reposição anual da inflação. Nesse sentido, programa já para o mês de julho deste ano colocar a  Universidade Estadual de Maringá (UEM) no Sistema de Recursos Humanos do governo.

A proposta, que circula entre as secretarias de Estado, foi apresentada como solução para a ultrapassagem do limite prudencial – criada pelo próprio governo para justificar o corte de gastos com pessoal. Tendo o controle da folha de pagamentos o governo poderá restringir facilmente o reajuste salarial dos professores e agentes universitários, reduzir pagamento de horas extras, vedar férias e ausências legais e alterar o regime de TIDE.

 Tudo isto está previsto no decreto assinado em 18 de março pelo governador e que exige uma resposta imediata da comunidade universitária para que seja revogada. Veja o documento que comprova a intenção do governo:

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar